Designer realiza transplante em borboleta com utensílios domésticos

Atualmente, diversos órgãos são transplantados, tanto de humanos quanto de animais. A ciência tem evoluído de tal forma que muitos problemas de saúde que antes terminavam em morte hoje em dia podem ser curados através de um doador de órgãos. Mas uma mulher foi além dos transplantes realizados em mesa de operação nos hospitais e realizou um transplante na própria casa, utilizando utensílios domésticos.

O feito foi realizado em uma borboleta, que segundo Romy McCloskey, nasceu sem uma parte da asa. A borboleta em questão trata-se de uma monarca que pertence a Romy McCloskey, que com sua habilidade de designer, realizou seu primeiro transplante em uma borboleta.

A designer juntou uma série de materiais e colocou a “mão na massa”. Para a cirurgia, McCloskey utilizou uma toalha, palito de dente, cabide de arame, tesoura, cotonete, cola de contato, talco, pinça e uma asa de uma borboleta morta. Embora as linhas pretas que compõe o desenho da asa da borboleta não tenham ficado completamente alinhadas, o transplante ocorreu da forma como McCloskey planejou.

Em uma entrevista ao site americano chamado Bored Panda, Romy afirmou: Eu sou designer e artista, sabia que esse era o certo a fazer”. Romy McCloskey explicou ao site que a borboleta não tomou nenhum tipo de medicação ou sedativo para que a cirurgia fosse realizada, pois a parte implantada funcionou como uma unha postiça.

A borboleta ainda ficou por um dia em repouso recebendo alimentação adequada de sua criadora para finalmente testar sua nova asa. A designer revelou que com sorte, a borboleta conseguiu voar pela primeira vez. Antes da cirurgia, a borboleta não tinha expectativa de viver por nem um único dia, pois precisaria voar para se alimentar e até mesmo se esconder de outros insetos predadores. Mas com o transplante, a borboleta-monarca poderá viver de 2 semanas a até 5 meses.

Romy McCloskey conta que as borboletas-monarcas são as mais conhecidas no mundo, sendo bastante conhecida por suas linhas pretas e sua cor alaranjada. Essa é uma espécie que está presente em toda a América, e a envergadura da asa pode chegar a 70 mm.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *